As 9 maiores competições de vela do mundo

A vela é um dos desportos náuticos mais apaixonantes e apreciados em todo o mundo. A possibilidade de participar numa regata internacional é um dos maiores prémios que um velejador pode ambicionar e realizar. Conheça as maiores competições de vela do mundo e saiba o porquê de serem tão desejadas e imponentes.

Existem várias competições de vela em todo o mundo. Das mais importantes, destacam-se as seguintes:

1. Volvo Ocean Race

A Volvo Ocean Race é a regata oceânica mais importante, mais antiga e mais conhecida do mundo. Trata-se de uma prova internacional com escalas em todos os continentes e é realizada de quatro em quatro anos.

O percurso da regata acaba por ser sempre muito idêntico, mudando apenas as cidades onde os veleiros fazem escala. A regata começa e acaba na Europa, dobra o cabo Horn e passa pelo Continente Africano, Asiático, Oceânia e Continente Americano.

Esta prova surgiu em 1972, graças ao patrocínio da Whitbread, que deu o nome à prova. A partir de 2001, a Volvo Personvagnar AB, fabricante sueco de veículos e motores, passou a patrocinar a prova, dando origem ao nome atual da regata.

2. Taça América (America's Cup)

A Taça América é conhecida como a America’s Cup e é uma das regatas mais famosas ao nível internacional. Trata-se de uma das competições mais prestigiantes na prática da vela e apresenta o troféu mais antigo do desporto internacional. O nome do troféu é uma homenagem ao iate vencedor da primeira edição, o America.

Nesta competição, um dos aspetos mais curiosos é que os veleiros com um comprimento de cerca de 23 metros e que respeitem as especificações definidas no Deed of Gift (documento que rege a regata que está depositado na Corte de Justiça da cidade de Nova Iorque) têm o direito de desafiar o iate/clube que detém a Taça. A Taça América é assim uma regata composta por uma série de duelos de iates e, atualmente, a melhor série de nove regatas determina o vencedor. Esta prova constitui um teste de fogo às capacidades, conhecimentos e habilidades de todos os velejadores.

3. Campeonato do Mundo de Vela

O Campeonato do Mundo de Vela é uma competição mundial organizada pela Federação Internacional de Vela (ISAF) e disputa-se desde dezembro de 2008. Esta prova apresenta uma série de disputas em diferentes partes do mundo. Ao longo de uma época os atletas de vela competem entre si em regatas que contam para uma classificação final por classes. Quem somar menos pontos perdidos é o vencedor da respetiva classe.

4. Jogos Olímpicos de Vela

Os Jogos Olímpicos de Vela visam distinguir os melhores competidores mundiais de vela nas mais diversas classes masculinas, femininas ou mistas. A vela olímpica alberga quatro classes para homens (RS:X, Laser, 470, Star), quatro para mulheres (RS:X, Laser Radial, 470, Yngling) e três mistas (Finn, 49er, Tornado), totalizando 11 eventos.

Esta é a competição mais desejada por todos os atletas, na medida em que todos ambicionam estar presentes entre os melhores da sua classe e querem deixar a sua marca e o nome do seu país na história do desporto.

5. Vendée Globe

A Vendée Globe é uma regata única em todo o mundo. Um único tripulante tem a possibilidade de dar a volta ao mundo em vela e fica completamente isolado da civilização e em plena competição por mais de 100 dias. Trata-se de uma competição muito dura e exigente para todos os participantes, onde não são permitidas paragens ou escalas.

Os três cabos mais temidos do mundo fazem parte desta rota, nomeadamente: o Cabo Horn, na América do Sul; o Cabo da Boa Esperança, na África; e o Cabo Leewin, na Austrália. Esta regata realiza-se a cada 4 anos e a partida acontece no mês de novembro no porto de Sablles d’Olonne, na baía de Biscay, em França.

6. Jogos Náuticos Atlânticos

Os Jogos Náuticos Atlânticos foram criados em 1995 na Bretanha e, desde então, já percorreram vários países, como o País de Gales, Portugal, Espanha, Escócia e Irlanda. Trata-se de um conjunto de provas que promovem a competição internacional de diversos desportos náuticos como a Vela, a Canoagem, o Remo, as Subaquáticas e o Surf. São competições que unem as instâncias náuticas das diferentes regiões do espaço atlântico e têm como objetivo principal o desenvolvimento desportivo, turístico e económico destas zonas. Os Jogos Náuticos Atlânticos são reconhecidos oficialmente pelas respetivas Federações Internacionais de Desportos Náuticos.

7. Taça Bacardi

A Taça Bacardi insere-se na Miami Sailing Week e é uma das mais importantes competições mundiais de classes, nomeadamente a classe Star. A Taça surgiu em 1927 e começou por ser um evento de 3 dias, onde participavam menos de 10 barcos. Atualmente, é um evento de 6 dias que atrai todos os anos mais de 200 velejadores de 23 países diferentes e a atenção dos meios de comunicação social internacionais. É uma prova internacional de extrema importância, onde todos os velejadores têm a oportunidade de competir em várias regatas e em diferentes classes. Todas as regatas são patrocinadas pela Bacardi, daí o nome do evento.

8. Velux 5 Oceans

O Velux 5 Oceans é a regata de circum-navegação individual, que é realizada com escalas e que reúne uma série de skippers (velejadores) de renome internacional. Trata-se da competição individual mais antiga e uma das mais difíceis a ser concretizada à volta do mundo. Nesta prova, os participantes percorrem mais de 55 mil quilómetros e atravessam os 5 oceanos existentes no planeta, enfrentando, caso necessário, as piores condições da natureza. É uma das provas internacionais mais apetecidas, quer por profissionais ou amadores, e representa um dos maiores desafios no mundo da navegação atual.

9. Barcelona World Race

A Barcelona World Race é uma competição desportiva de vela realizada com a intenção de retirar o protagonismo à Volvo Ocean Race e à Taça América (America's Cup). Trata-se de uma regata à volta do mundo sem escalas e tem como ponto de partida o porto de Barcelona, onde se realiza a partida e a chegada de todos os concorrentes. A competição dura, aproximadamente, 3 meses e obriga os velejadores a percorrer uma distância superior a 46.000 km, através dos 5 oceanos do planeta e a bordo de barcos IMOCA 60. É uma prova mundial que conta ainda com apenas duas edições, mas é já um fenómeno mundial no que à competição e aventura em alto mar se refere.

A sua votação: 
Average: 4.3 (7 votos)