Material necessário para praticar parasailing

O parasailing é uma das atividades desportivas mais entusiasmantes do desporto aquático. Para praticar esta modalidade com a máxima segurança, todos os praticantes devem estar munidos com o melhor equipamento. Saiba qual é o material necessário para praticar parasailing e deixe-se conduzir por um dos desportos de aventura mais libertadores.

Para a prática segura do parasailing é necessário reunir o material seguinte:

O parasail

O parasail é o pára-quedas que é utilizado para a prática do parasailing e estes são de vários tipos: os individuais, duplos ou triplos. Os que oferecem melhores resultados são aqueles que são feitos em nylon, pois são os mais resistentes e revelam uma maior estabilidade de voo. É de realçar que os parasails são construídos de acordo com o peso dos praticantes e ao adquirir um deve ter em atenção se está a adquirir aquele que se adapta ao seu peso.

O arnês

O arnês é um acessório fundamental na prática do parasailing, pois possibilita que todos os praticantes adquiram uma posição de voo estável, segura e confortável. Encontra-se disponível em vários tamanhos, de acordo com a fisionomia de cada praticante.

O barco

Usualmente, o barco é o meio de transporte mais utilizado no parasailing. A sua escolha deve ser criteriosa, pois existem barcos que não são os mais adequados para a prática deste desporto. Na compra ou aluguer de um barco, é preciso ter em atenção o tipo de pára-quedas e o peso do praticante. É recomendado que um barco tenha, no mínimo, 5,4 metros de tamanho e um motor de 70 cavalos de potência para que a prática do parasailing seja eficiente.

O colete salva-vidas

O colete salva-vidas é um acessório de extrema importância para a prática do parasailing, na medida em que ajuda a salvar a vida de uma pessoa em caso de emergência. Por questões de segurança, todos os que praticam desportos aquáticos devem utilizar um colete salva-vidas apropriado ao seu tamanho.

O dispositivo de ligação

Existe um dispositivo de ligação que encaixa entre o cabo do reboque e o parasail de um piloto, o que lhe permite flutuar livremente na água. A existência deste dispositivo é crucial, pois em caso de alguma situação fora do normal, é necessário que o piloto consiga desamarrar-se do barco que o transporta.

O capacete de proteção

Outro acessório fundamental para a prática de qualquer tipo de desporto de aventura, como por exemplo a canoagem, o btt, o downhill, entre outros, é o capacete de proteção e a sua utilização é obrigatória. No parasailing a utilização do capacete de proteção não é exceção e um praticante deve escolher sempre aquele que o fizer sentir mais confortável.

Os medidores de vento

Os medidores de vento são equipamentos especializados que medem a velocidade do vento e informam o piloto se o seu voo está a decorrer dentro da velocidade recomendada. É muito útil, na medida em que controla o estado do vento e permite que o parasailing seja praticado com toda a segurança.

As birutas

Este equipamento indica qual a direção do vento e é de extrema importância para a descolagem e aterragem dos pilotos. Através das birutas, o condutor do barco consegue posicionar-se da melhor forma para que os pilotos tenham uma viagem o mais descontraída possível.

O guincho do barco

O guincho do barco é um dos acessórios imprescindíveis no parasailing, uma vez que faculta a ligação entre o praticante e o meio de transporte utilizado (geralmente é um barco). O guincho poderá medir entre 200 e 400 metros.

A barra dupla ou tripla

Na prática do parasailing, existe a possibilidade de viajar em grupo (máximo 3 pessoas) e, dessa forma, existem barras específicas que possibilitam o transporte de todos os praticantes. As barras duplas conseguem transportar duas pessoas e as barras triplas, como o próprio nome indica, foram desenhadas para três pessoas. Estas barras são muito resistentes e acolchoadas para um maior conforto dos praticantes.

A sua votação: 
Average: 5 (2 votos)